Posted on Deixe um comentário

7 Perguntas frequentes no Babywearing parte 1

Quais os porta bebés que há para o meu bebê?

Pano Elástico

  • desde a maternidade até cerca de 7/8kg

Pano Tecido

  • desde a maternidade e para sempre

Sling de argolas

  • desde a maternidade e para sempre

Mei tai ou Mochila

  • tamanho baby painel fixo – para bebês a partir de 60 cm
  • tamanho baby painel ajustavel – para bebês a partir de 50 cm
  • tamanho toddler painel fixo – para bebês a partir de 80 cm
  • tamanho toddler painel ajustavel – para bebês a partir de 70 cm

dura enquanto houver compatibilidade painel/bebé – ver aqui:  https://traposemamas.blog/2018/12/10/babywearing-nao-e-por-peso/

Onbuhimo

  • painel fixo – para bebês a partir de 70 cm
  • painel ajustavel – para bebês a partir de 65 cm

 

Quais são as medida dos carregadores?

Pano Elástico

  • cerca de 65 cm de largura
  • cerca de 5 metros de comprimento

Pano Tecido

  • T2 +- 2.7 m
  • T3 +- 3.1 m
  • T4 +- 3.6 m
  • T5 +- 4.2 m
  • T6 +- 4.6 m
  • T7 +- 5.2 m
  • T8 +- 5.6 m

Qual o tamanho de pano tecido ideal para mim? Qual o tamanho das nossas camisolas?

  • XS / S = T5 (+- 4.2 m)
  • M / L = T6 (+-4.6 m)
  • XL + = T7 (+- 5.2 m)

 

Sling de argolas

  • cerca de 65 cm de largura
  • cerca de 2 metros de comprimento

 

Mei tai ou Mochila

  • tamanho do painel – desde 26 a 56cm

(rectângulo que sustenta as costas e os joelhos)

21845644_1583733494980168_1966072136_o

 

Onbuhimo

  • tamanho do painel – cerca de 45 cm

(rectângulo que sustenta as costas e os joelhos)

 

Como lavar o meu porta bebé?

Bring your mother to enjoythis great discount!

 

Moro num lugar muito quente. Consigo usar os porta bebés?

41197-18664157_1316910728429492_7581142284580792719_n

babywearing não tem propriamente estação do ano. usamos o que temos e o que podemos. exemplos:

  • se tenho um toddler, preciso de um pano com mais suporte, o que tende a ser de gramagem superior, o que por si, geralmente se torna mais quente. mas se a alternativa for utilizar panos mais finos/frescos, perco no conforto e possibilidade de carregar
  • se tenho um pano XPTO de algodão que me serve muito bem, preciso de ir comprar um pano com linho ou bambu ou o que for? não…
  • se tenho aquela mochila ou mei tai vou trocar? nao…

 

Esta é uma dúvida muito comum! Aqui vão algumas observações para você levar em consideração na sua decisão de usar ou não o carregador em dias e lugares quentes:

  • pele com pele, seja no colo, em braços ou com um porta bebés, realmente irá gerar mais calor
  • deve optar por vestir roupas leves e de tecidos frescos e absorventes da humidade
  • deve evitar porta bebes almofadados, portes ou artigos com tecido muito fechado que seja mais dificil de fazer circular o ar
  • mantenha-se hidratado e seu bebê também

Para que serve o capuz das mochilas e mei tai?

O capuz pode ser usado para apoiar a cabeça do bebê enquanto ele dorme ou para proteger o bebê da chuva, vento ou sol.

Recordemos que é fundamental verificar as vias respiratórias, que devem estar livres e desimpedidas. Pode colocar a cabeça do bebé lateral ao seu peito, longe do queixo, evitando que o nariz encoste ao corpo ou aos tecidos.

Quando posso virar o meu bebê para frente?

Os porta bebés ergonomicos, tendo o apoio de joelhos, tem uma base do painel larga, o que se torna basicamente impossivel de carregar para a frente.

Alem disso, é uma posição não ergonomica para o bebé, altera o centro de gravidade do carregador e é perigosa e desconfortável.

Assim, sugerimos que os bebés sejam transportados de lado, na anca, ou nas costas, dependendo da idade do bebe e do porta bebés utilizado.

 

O meu bebé só quer ser carregado virado para frente, será que ele se vai habituar?

Por volta dos 3 meses é os bebés começam a querer descobrir o mundo, ficam curiosos e quererem participar e ver tudo à sua volta, o que nos leva à carregá-los nos braços virados na posição de frente para o mundo a partir desta fase. Este carregar em braços é momentâneo e mais ergonomico do que um porta bebés com o mesmo efeito.

Se carregar é uma necessidade, ponderem experimentar e transportar o bebé voltado para o carrregador, onde este descansa, se protege, tem o embalo e carinho dos cuidadores.

Numa fase de re-adaptação é normal haver reticências por parte dos cuidadores. Dica, não desistam á primeira.

Se houver a necessidade de voltar ao mundo, pode sempre fazê-lo em braços 😉

 

links uteis:

Os preços do Babywearing

Babywearing não é por peso

7 cuidados essenciais no uso de porta bebés

Bebé virado ao mundo? não, obrigada!


traposemamas.blog

traposemamas.com

facebook.com/traposemamas

facebook.com/aromasemamas

www.youtube.com/c/traposemamas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *